Vamos falar de feminismo negro?

Em “Quem tem medo do feminismo negro?” a filósofa aborda questões como interseccionalidade e empoderamento

Quem tem medo do feminismo negro? reúne um longo ensaio autobiográfico inédito e uma seleção de artigos publicados por Djamila Ribeiro no blog da revista CartaCapital, entre 2014 e 2017. 

São vários os relatos sobre o impacto ao ler o livro. Mulheres negras afirmam se identificar com a narrativa e dizem ter passado pelo mesmo.

Incrivelmente a mulher negra vive uma solidão que é só dela, mas, ao mesmo tempo, é vivida por todas as mulheres negras. Por isso precisamos falar do feminismo negro. Das nossas razões para defender a causa. Porque é uma luta solitária, mas que muitas de nós passamos pela mesma situação e precisamos socializar isso, compartilhar experiências para criar medidas, ações e políticas que reestruturem esse cenário discriminatório contra a mulher negra. Um cenário que pesa muito mais sendo mulher e negra porque perpassa pelo peso de duas discriminações: racial e de gênero.

Ainda não li esse livro. Vou ler nos próximos dias e relato aqui minhas observações do livro.

Aguardem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s