Vamos falar de feminismo negro?

Em “Quem tem medo do feminismo negro?” a filósofa aborda questões como interseccionalidade e empoderamento

Quem tem medo do feminismo negro? reúne um longo ensaio autobiográfico inédito e uma seleção de artigos publicados por Djamila Ribeiro no blog da revista CartaCapital, entre 2014 e 2017. 

São vários os relatos sobre o impacto ao ler o livro. Mulheres negras afirmam se identificar com a narrativa e dizem ter passado pelo mesmo.

Incrivelmente a mulher negra vive uma solidão que é só dela, mas, ao mesmo tempo, é vivida por todas as mulheres negras. Por isso precisamos falar do feminismo negro. Das nossas razões para defender a causa. Porque é uma luta solitária, mas que muitas de nós passamos pela mesma situação e precisamos socializar isso, compartilhar experiências para criar medidas, ações e políticas que reestruturem esse cenário discriminatório contra a mulher negra. Um cenário que pesa muito mais sendo mulher e negra porque perpassa pelo peso de duas discriminações: racial e de gênero.

Ainda não li esse livro. Vou ler nos próximos dias e relato aqui minhas observações do livro.

Aguardem!

Um comentário em “Vamos falar de feminismo negro?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s