Não deixe o samba morrer: Campanha arrecada recursos para Cid Aroeira, mestre de Samba de Roda da cidade

Mobilização online surge para contribuir com a família Aroeira, que movimenta a cultura na cidade, na comunidade do Mercado Sul de Taguatinga, mas passa por dificuldades financeiras no momento

Cid Aroeira, mestre de Samba de Roda e contramestre de capoeira, nasceu no Recôncavo Baiano, mas reside no DF há anos, onde movimenta um rico legado cultural, com aprendizados tradicionais, promovendo rodas, oficinas e festejos na cidade. Atualmente mora no Mercado Sul de Taguatinga, onde realiza muitos dos seus trabalhos culturais. Além da cultura, Aroeira trabalha como pedreiro, que é grande parte de sua fonte de renda. Devido à pandemia e quarentena, esses seus fazeres foram drasticamente afetados, com uma considerável redução de recursos financeiros de sua família. Assim, Aroeira e sua família estão sem condições de arcar com os gastos de aluguel e outras contas, e foi solicitada sua saída do imóvel onde reside. Assim, pensando em contribuir com o mestre e sua família, e todo o seu legado na cultura popular, que tão generosa e profundamente é disseminado pelo mestre, surge a Campanha “Não deixe o Samba Morrer”, para arrecadar fundos para quitação de dívidas e contribuir com o sustento financeiros e das atividades sócio-culturais da Família Aroeira. A campanha está sendo realizada online, pela plataforma Apoia-se onde os usuários podem contribuir com os valores que puderem. A campanha pode ser acessada pelo link: https://apoia.se/naodeixaosambamorrer

O que será feito com o dinheiro arrecadado?

Como relatado, o aluguel e contas básicas de água e luz da casa da família Aroeira atrasou muito devido a diminuição de serviços, e como consequência o locatário está pedindo a saída do imóvel. Essa família precisa da sua ajuda para quitar as dívidas, bem como adiantar alguns aluguéis da nova moradia. A todas as pessoas que colaborarem, ao final, realizar-se-á uma Prestação de Contas comprovando a utilização dos recursos financeiros. 

Cid Aroeira

Cid Aroeira é contramestre de capoeira, cantador, percussionista e um guardião da cultura popular. Nasceu em 2 de setembro de 1981, na cidade de Cachoeira, Recôncavo Baiano. Desde a infância, conviveu com mestres de tradição oral e com a cultura da roça dos vaqueiros e aboiadores. É neto do vaqueiro e cantador Crispim Araújo Eduardo, com quem aprendeu quase tudo sobre o Samba Rural ou Samba Duro (uma das muitas variações do samba de roda). Ainda menino, conheceu Mestre Cláudio de Feira de Santana (BA), do grupo Angoleiros do Sertão, com quem muito aprendeu sobre o Samba Duro e a Capoeira Angola. Atualmente mora no Distrito Federal e dissemina, com muita força e alegria, a nossa cultura popular brasileira.

Foto: Webert da Cruz

Comunidade Cultural Mercado Sul

Conhecido internacionalmente como um pólo de produção cultural independente, popular e comunitário, o Mercado Sul tem contribuído para a transformação de novos jeitos de estar no mundo. Além de abrigar diversos coletivos, empreendimentos e moradores, há 5 anos, se intensificou a luta urbana por direito a cidade, onde nasceu a Ocupação Cultural Mercado Sul Vive. Nas ruas da comunidade já foram realizadas 72 edições da EcoFeira, uma feira que promove comercialização solidária; 9 edições do Arraiá do Beco – uma festa agostina tradicional que movimenta o Distrito Federal; inúmeras atividades nos espaços da ocupação cultural e em outros locais entre os becos que fortalecem muitos grupos, coletivos e empreendimentos culturais em suas propostas de trabalho. 

SERVIÇO

Campanha Não Deixe o Samba Morrer – Arrecadação de recursos a Família Aroeira

Quando? Até 07/11/2020

Onde?  https://apoia.se/naodeixaosambamorrer

Acompanhe nas redes: https://www.instagram.com/mercadosulvive/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s