ELAS+ e Fundação FORD anunciam EditalALIANÇA NEGRA PELO FIM DA VIOLÊNCIA

Serão doados cerca de 5 milhões e meio de reais para fortalecer organizações ou redes que atuam no enfrentamento ao racismo no Brasil, em especial, contra a violência racial

No Brasil, o racismo possui diferentes formas de expressão, e a vulnerabilidade à violência armada é uma delas. Uma pessoa negra tem 2,6 chances a mais de ser vítima de morte violenta que uma pessoa não negra. O homicídio é a causa mais recorrente de mortalidade da população jovem de 15 a 29 anos, sendo os jovens negros os principais alvos. E as mulheres negras, por sua vez, são maioria dentre as vítimas de homicídios femininos e o grupo que mais cresce no sistema prisional.


A Aliança Negra Pelo Fim da Violência é uma parceria do ELAS+ com a Fundação Ford que se iniciou em 2021, com o apoio direto à 78 grupos e organizações com liderança de mulheres negras (cis e trans), localizadas em todas as regiões do país. Mais de 1 milhão de reais foram investidos em ações a serem realizadas pelos grupos e organizações de mulheres apoiadas até agosto de 2022.


Para a expansão da Aliança Negra, a Fundação Ford e o ELAS+ tornam público o Edital Aliança Negra Pelo Fim da Violência que doará cerca de 5 milhões e meio de reais para fortalecer organizações da sociedade civil que atuam no enfrentamento ao racismo no Brasil, em especial, contra a violência racial.

O edital Aliança Negra Pelo Fim da Violência apoiará as incidências coletivas em três dimensões: o racismo institucional e o genocídio da população negra; a violência contra as mulheres negras e pessoas trans negras(es); e a produção de comunicação antiviolência racial. Além disso, visa fortalecer o protagonismo, o ativismo e as iniciativas lideradas ou coordenadas por mulheres negras e/ou pessoas trans negras(es), ainda que elas atuem em organizações mistas (com homens negros e mulheres negras).


O edital prevê doação direta de recursos para as organizações ou redes; fortalecimento institucional por meio de oficinas online; articulação política com outros movimentos sociais, mediante a realização de diálogos; e intercâmbio internacional com movimentos antirracistas como, por exemplo, o Black Lives Matter.


A verba extra faz parte do projeto de oferta de Títulos Sociais (Social Bonds), uma iniciativa sem precedentes da Fundação Ford. Foram captados US$ 1 bilhão na bolsa de Nova Iorque em títulos tributáveis da instituição. No Brasil, as organizações agraciadas atuam em causas como a defesa dos povos indígenas e quilombolas, o fortalecimento de mulheres negras em contextos de violência e o apoio às organizações da sociedade civil, como fortalecimento do trabalho devido às consequências da pandemia de Covid-19.


Podem concorrer ao edital organizações com pelo menos sete anos de atuação e/ou fundação; redes/alianças compostas por pelo menos 15 organizações e/ou grupos. As proponentes precisam ter experiência de ativismo contra a violência racial e os projetos devem ser coordenados por mulheres negras e/ou trans negras(es).


Serão apoiados 15 projetos e cada um deles receberá até R$365.000,00, doados em três parcelas, a cada 9 meses.

Faça sua inscrição no site: http://fundosocialelas.org/aliancanegra/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s