Dia da mulher negra latino americana e caribenha: história de luta

Da luta contra a escravidão aos tempos atuais, as mulheres negras são a tradução de resistência. No Dia da Mulher Negra, Latina e Caribenha, essa história precisa ser lembrada. É um dia para enaltecer a mulher negra, mas também um dia para lembrar da sua trajetória de luta e resistência. As mulheres negras não estiveram … Continue lendo Dia da mulher negra latino americana e caribenha: história de luta

Tradição oral Africana

“Uma sociedade oral reconhece a fala não apenas como um meio de comunicação diária, mas também como um meio de preservação da sabedoria dos ancestrais, venerada no que poderíamos chamar elocuções‑chave, isto é, a tradição oral. A tradição pode ser definida, de fato, como um testemunho transmitido verbalmente de uma geração para outra.Quase em toda … Continue lendo Tradição oral Africana

Criando filhos antirracistas

Numa sociedade patriarcal e machista é difícil buscar educar crianças num sistema antirracista e com igualdade de gênero. Segundo a Academia Americana de Pediatria (AAP), crianças começam a aprender sobre questões raciais desde muito cedo com seus pais, num processo muito similar ao do aprendizado linguístico. Estudos mostram que as crianças conseguem distinguir características raciais … Continue lendo Criando filhos antirracistas

o matriarcado nas religiões de matrizes africanas

Numa sociedade construída no patriarcado, as religiões judaico-cristãs colocam no homem a missão sacerdotal. No entanto, as religiões de matrizes africanas no Brasil seguem uma praxe diferente, sendo a mulher o grande modelo sacerdotal. Isso tem referência tanto política como religiosa numa cultura que desde o processo de escravização luta para se manter viva. Contextualizo… … Continue lendo o matriarcado nas religiões de matrizes africanas

18 de maio de 1950, Conselho Nacional de Mulheres Negras buscavam direitos

No dia 18 de maio de 1950 mulheres negras conquistavam seu marco histórico político. Era a criação do Conselho Nacional de Mulheres Negras pautando a luta antirracista com recorte de gênero.  Isso foi importante porque às mulheres negras era negado espaços políticos e de reivindicação. Como? No movimento feminista, as pautas eram focadas nas mulheres … Continue lendo 18 de maio de 1950, Conselho Nacional de Mulheres Negras buscavam direitos

13 de maio, Dia dos pretos-velhos

https://www.youtube.com/watch?v=_-lUpOu_3Xs Uma homenagem da equipe Brasilidade Negra aos pretos-velhos. Essas entidades de luz das matrizes africanas que representam o empoderamento afrobrasileiro. 13 de maio é o dia dos pretos-velhos. 13 de maio é o dia de empoderar pessoas negras. Créditos Texto: Juliana Silva Fotos: Bárbara Cruz Trilha sonora: Marcos Valente - Projeto Folha Seca Roteiro … Continue lendo 13 de maio, Dia dos pretos-velhos

A revolta dos malês

Em janeiro de 1835 um grupo de cerca de 1500 negros, liderados pelos muçulmanos Manuel Calafate, Aprígio, Pai Inácio, dentre outros, armou uma conspiração com o objetivo de libertar escravizados e matar brancos e mulatos considerados traidores. A rebelião havia sido marcada para o dia 25 daquele mês. No entanto, houve uma traição e as … Continue lendo A revolta dos malês

200 anos de Lei Euzébio de Queiroz

Em em 4 de setembro de 1850 foi instituída a lei 581, que  proibia o tráfico atlântico de escravos vindos do continente africano para o Brasil. A lei atendida a uma demanda da Inglaterra, parceiro econômico no Brasil Monárquico, que pedia que o país acabasse com o tráfico de escravos. Vale lembrar que o Brasil … Continue lendo 200 anos de Lei Euzébio de Queiroz

Mortes por covid-19 tem classe social e raça e isso é culpa do racismo estrutural

Os últimos dados têm mostrado quem são as pessoas que mais morrem por covid-19: negras e pobres.  Isso se dá porque a posição social do brasileiro negro dificulta o acesso aos cuidados mais adequados no combate ao coronavírus. Pessoas negras são mais colocadas no mercado de trabalho informal, tendo muito mais dificuldade de procurar o … Continue lendo Mortes por covid-19 tem classe social e raça e isso é culpa do racismo estrutural